domingo, 22 de junho de 2014

ERVA-DOCE






A erva-doce, é uma planta medicinal, também conhecida como Anis ou Funcho, muito utilizada no combate de doenças como dispepsia, dor de barriga ou artrite.
O seu nome científico é Pimpinella anisum e pode ser comprada em mercados, feiras livres, lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação.
 ela é ma planta que floresce principalmente em terras russas. Segundo os egípcios antigos, teria poderes de afastar os pesadelos — daí o fato de, naquela época, muitos terem o hábito de dormir com a erva debaixo do travesseiro. Ainda hoje é usada para aromatizar esse tipo de almofadas, já que seu perfume também estimula o relaxamento do corpo.
Na culinária, seu maior uso é na forma de chá, porém é possível inclui-la crua ou cozida em saldas, sopas e purês.

Para que serve a erva-doce

A erva-doce serve para tratar dor de barriga, indigestão, inchaço, acidez estomacal, asma, bronquite, espasmos, cólicas, dor de barriga, dor de cabeça, inflamações, tosse, gases, má digestão, palpitações, inchaço, gripe, resfriado, catarro e coriza.

Propriedades da erva-doce

As propriedades da erva-doce incluem sua ação expectorante, tônica, cicatrizante, calmante, diurética, sudorífica, antiespasmódica e antidispéptica.

Modo de uso da erva-doce

A parte utilizada da erva-doce é o seu fruto seco.
  • Chá de erva-doce: Colocar 1 colher de erva-doce numa xícara e cobrir com água fervente. Deixar esfriar, coar e beber a seguir. De 2 a 3 vezes ao dia após as refeições.

Efeitos colaterais da erva-doce

Não foram encontrados efeitos colaterais da erva-doce.

Contraindicações da erva-doce

A erva-doce está contraindicada em grávidas e pacientes com úlcera duodenal, refluxo, colite ulcerosa ou diverticulite.
 
 
 

Chá de erva-doce

Chá de erva-doce delicioso
Receita de chá de erva-doce
Ingredientes:

1 colher de chá de erva-doce
1 colher de chá de açúcar
1 xícara de chá de água

Como preparar:

Coloque a água com as sementes para ferver por cinco minutos, coe e acrescente o açúcar.
Sirva em seguida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário